Inflação pelo IPC-S sobe 0,55% na quarta quadrissemana de fevereiro

por Fadhila Amaral
01/03/2024

Educação, Leitura e Recreação lideram queda nas taxas, enquanto Transportes e Habitação apresentam avanço

No último levantamento divulgado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) referente à quarta quadrissemana de fevereiro de 2024 apresentou uma variação de 0,55%, acumulando alta de 3,59% nos últimos 12 meses. Dentre as oito classes de despesa analisadas, quatro registraram queda em suas taxas de variação.

 

O destaque ficou para o grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve a maior contribuição para o resultado do IPC-S, com uma taxa de variação que passou de -0,14% para -1,17%. Esse decréscimo foi impulsionado pelo comportamento dos cursos formais, cujo preço variou 0,00%, contra 1,82% na medição anterior.

 

Inflação pelo IPC-S sobe 0,55% na quarta quadrissemana de fevereiro

 Clique aqui para começar a investir com quem entende

 

Além disso, os grupos Alimentação (1,18% para 1,06%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,61% para 0,56%) e Comunicação (0,48% para 0,43%) também apresentaram queda em suas taxas de variação. Destacam-se nesses grupos itens como hortaliças e legumes, artigos de higiene e cuidado pessoal e combo de telefonia, internet e TV por assinatura.

 

Por outro lado, os grupos Transportes (0,63% para 0,87%), Habitação (0,23% para 0,32%), Vestuário (0,06% para 0,34%) e Despesas Diversas (1,81% para 2,05%) registraram avanço em suas taxas de variação. Itens como gasolina, aluguel residencial, calçados femininos e serviços bancários contribuíram para esse aumento.

 

Quer saber como isto afeta os seus investimentos? Converse agora com um assessor de investimentos da Allure Capital e descubra!

OUTRAS NOTÍCIAS

Allure Capital Investimentos - XP